Tomou a decisão de projetar, reformar ou decorar a casa e agora surge a questão:

Necessita de um arquitecto ou de um designer de interiores? Ou de ambos?

Ambos os profissionais trabalham com o mesmo objetivo, o de proporcionar um espaço funcional ajustado às necessidades de uso habitacional ou de trabalho e de satisfação estética. No entanto, a intervenção de um e de outro é pautada por diferenças significativas que servem de orientação à opção do cliente escolher um deles ou ambos.

O designer de interiores é um profissional capaz de realizar um levantamento das necessidades dos clientes e concretizá-las através de projetos específicos para um design coerente do espaço. Deve seguir as normas técnicas de ergonomia, acústica, isolamento térmico e luminotécnica.

O seu trabalho limita-se ao design de ambientes internos, e quando existe necessidade de intervenções que mexem na estrutura do edifício trabalha em colaboração com arquitecto. O designer de interiores pode também trabalhar com o arquitecto desde a fase inicial de desenho da planta até à fase final de entrega do espaço para uso habitacional pleno.

O arquitecto projeta, coordena a construção e organiza casas, prédios, edificações, espaços internos e externos, de acordo com critérios de estética, conforto e funcionalidade. Ele faz a planta, obedecendo aos regulamentos legais e às normas técnicas.

Determina os materiais que serão utilizados na obra, levando em conta o uso do imóvel, a disposição dos objectos, a ventilação, a iluminação, a acústica e a manutenção pós-construção. Também considera os impactos ambientais que a construção pode causar.

Contacte-nos Agora

Form_Imobiliario
(*) CAMPOS DE PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO. Os dados desta mensagem apenas serão mantidos durante o período de tratamento da sua questão e prestação do serviço associado.

Comente Este Artigo