Quem visita Lisboa facilmente se apaixona, é uma das capitais europeias mais belas, com séculos de história.

A irresistível Capital de Portugal, banhada pelo rio Tejo é um destino turístico de excelência, com os seus belos jardins, bairros históricos, monumentos e boa gastronomia. É uma cidade construída sobre colinas, dos diversos miradouros o do castelo de S. Jorge ergue-se sobre a mais alta colina do centro histórico, oferecendo a melhor vista sobre a cidade e sobre o estuário do Tejo.

Estando por Lisboa, não deixe de passar pelo bairros típicos, Alfama, um dos mais antigos e típicos da cidade apresenta características arquitetónicas peculiares da Lisboa antiga. Os prédios são antigos e repletos de cor, as ruas estreitas, as varandas com flores. Ao entrar em Alfama vai sentir-se dentro de uma pequena aldeia em que a comunidade de moradores é pequena e bastante próxima, vai ouvir com certeza o fado que ecoa pelas ruelas, é considerado um dos bairros mais seguros de Lisboa. Não deixe aqui de visitar o Museu do Fado e as suas exposições. Tanto em Alfama como noutros bairros típicos, vai encontrar restaurantes e casas de fado, e em Junho os festejos dos Santos Populares trazem às ruas a sardinha assada, os petiscos e a cerveja fresquinha.

Aproveite para percorrer as ruas de Lisboa num dos elétricos que passam pelas ruas estreitas e inclinadas da cidade, a viagem no elétrico 28 é a mais emblemática passando pelos Prazeres, Graça, Sé e Alfama.

O emblemático Bairro Alto, é outro ponto de paragem, situado bem no centro de Lisboa, é um dos bairros mais pitorescos, com ruas estreitas e íngremes, entre prédios antigos empedrados e outros já recuperados, com pequeno comércio tradicional e restaurantes. À noite é uma das zonas mais populares de Lisboa onde se juntam várias gerações entre bares, casas de fado e tasquinhas.

O Chiado, uma zona com fortes características intelectuais, liberais, romântica e bem modernista. Um local de prestígio, onde pode encontrar as mais diversas lojas de designers, ateliers, museus, cafés típicos, livrarias, teatros, galerias de arte.

O Cristo Rei, situado na margem sul do rio Tejo, em Almada, inspirado no Cristo Redentor do Rio de Janeiro, é um santuário e um monumento religioso que representa o Sagrado Coração de Jesus. Aproveite a vista panorâmica de 360 graus sobre as duas margens do rio Tejo, de onde pode ver Lisboa e alguns dos mais emblemáticos monumentos, como a Torre de Belém, o Padrão dos Descobrimentos, o Mosteiro dos Jerónimos, o Palácio da Ajuda, o Castelo de São Jorge, a Ponte Vasco da Gama.

E quem visita Lisboa, não pode ir embora sem provar o Pastel de Belém, um pastel de nata servido com canela e açúcar que faz a delícia de quem visita a Casa Pastéis de Belém, considerada a melhor pastelaria de Lisboa e que está sempre repleta de quem ainda não provou como de quem já provou e volta para se deliciar.

Aproveite esta cidade única, aproveite Lisboa!

Itinerário

Baixa Lisboeta

Começamos o nosso dia pelo Parque Eduardo VII, com a estátua do visionário Marquês de Pombal e entender a importância deste estadista sobretudo depois do grande Terramoto de 1755. Descendo a Avenida da Liberdade até a Baixa de Lisboa tempo para degustar uma Ginga e tentarmos perceber as diferenças da arquitectura antes e pós terramoto em Lisboa.

Alfama

Junto ao Castelo de São Jorge temos o bairro mais antigo de Lisboa Alfama, local onde permanecera os Árabes ( Mouros ) durante os cerca de 400 anos que por aqui estiveram, visita ainda á Sé Catedral de Lisboa mandada construir no exacto local de uma antiga mesquita. Tempo para visitar a igreja de Santo António, o Santo casamenteiro.

Chiado e Bairro Alto

Tempo agora para subir a outra colina de Lisboa e conhecer estes dois bairro tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos.O Bairro Alto, conhecido pela sua encruzilhada de ruas que durante os finais de semana se enchem de milhares de jovens, que vêm para desfrutar daquele que é conhecido como o mais boémio bairro de Lisboa, do lado temos o Bairro do Chiado onde a cultura e a arte vivem de mãos dadas, ou não fosse aqui que se concentram a grande maioria de teatros em Lisboa, como das mais antigas livrarias do Mundo moderno.

Belém

No Bairro de Belém, vamos visitar os monumentos que nos remontam até ao período áureo dos Portugueses o Sec. XVI, tais como o Mosteiro dos Jerónimos, e a Torre, tempo ainda para visitar um monumento mais moderno ( séc XX ), mas que representa também este período. O mais importante está agora para vir , os Pastéis de Belém de Belém onde para além de nos deliciar-mos, vamos ainda entender o porquê dos doces conventuais Portugueses.

Parque das Nações

De visita a Lisboa tem de parar obrigatoriamente no Parque das Nações, localizado privilegiadamente ao longo de 5km do rio Tejo. Uma zona mais moderna, totalmente reabilitada para a grande exposição mundial sobre os Oceanos, a Expo’98.

 

Contacte-nos Agora

Form_Turismo
(*) CAMPOS DE PREENCHIMENTO OBRIGATÓRIO. Os dados desta mensagem apenas serão mantidos durante o período de tratamento da sua questão e prestação do serviço associado.

Comente Este Artigo